.ultimas baldadas

. Cortes na função pública

. Já cheira a Natal!

. Eleições legislativas - R...

. Experiência em BTT II

. Experiência em BTT

. Nós e o mar

. Orgulho em ser Português?...

. Pontes e a economia

. Divida nas finanças?!? Ah...

. E mais 18.000.000 que vão...

.baldes antigos

. Dezembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

.tags

. 2009

. 2010

. acordo ortográfico

. actualidade

. açúcar

. algarve

. alunos

. aniversario

. ano novo

. arcachon

. arquitectos

. arvore

. automoveis

. avatar

. bacalhau

. bancos

. beleza

. bicicleta

. blog

. brisa

. brisingr

. btt

. burgos

. cabos

. calças de ganga

. cão

. caricato

. carinhos

. carnaval

. casa

. cavaco silva

. cerveja

. cheiro

. chuva

. cinema

. combustiveis

. comida

. condução

. cortes salariais

. cozinha

. crise

. crueldade

. cultura

. decisão

. destaque

. dieta

. doutores

. economia

. edp

. educação

. ego

. elixir bucal

. engenharia

. enqudramente

. ensino

. escola

. europa

. europeias

. familia

. feira do livro

. férias

. festas

. filme

. final feliz

. foto

. funcionarios publicos

. furadouro

. gadjet

. galp

. global

. greve

. halloween

. ice age

. impostos

. indignação

. informatica

. inicio

. leituras

. lourdes

. manifestação

. natal

. neve

. noruega

. obras

. omoleta

. orgulho

. país

. patriotismo

. politica

. portugal

. presente

. professores

. re-inicio

. salário

. salario minimo

. sociedade

. sortudo

. telemovel

. varicela

. verão

. todas as tags

Terça-feira, 24 de Novembro de 2009
Férias - Lourdes

Contrariamente ao que tem sido norma nas férias anteriores, chegamos ao nosso primeiro destino logo ao segundo dia de viagem. Bênção dos céus, mau presságio ou pura coincidência, fomos recebidos em Lourdes por um dilúvio tamanho que uma vez mais permitiu à nossa pequena tenda Quechua demonstrar a sua qualidade... Nem gota entrou.

 

Realmente, após as estóicas aventuras que a nossa tenda e o bolinhas da "Mais Que Tudo" têm vivido connosco, e a resistência que têm demonstrado, é da mais elementar justiça que aqui apareça uma foto dos dois, no nosso cantinho no parque de campismo Plein Soleil, um parque de campismo pequeno, familiar e muito arranjadinho.

  

Adiante, Lourdes, ao contrário de Compostela, revelou-se uma agradável surpresa. O santuário está inserido no centro de um espaço verde enorme, com jardins muitíssimo bem tratados, e atravessado por um rio de águas pirenaicas cristalinas onde nadam peixes e patos.

Contrastando com a autêntica feira que se vivia dentro do santuário de Compostela, em Lourdes o ambiente era muito mais introspectivo, convidando o visitante à reflexão. E foi isso mesmo o que fizemos. Há já muito tempo que não assistia a uma cerimónia religiosa que não fosse casamentos... e soube-me muito bem, apesar de toda ela ter sido conduzida em francês, e o meu é, digamos, sofrível!

 

Uma curiosidade. A catedral de Lourdes não é muito antiga, e o seu interior é decorado com imensas placas alusivas aos diversos grupos que contribuíram para a sua construção. Uma das que me chamou atenção foi a de um grupo de Portugueses que no dia 19 de Agosto de 1993, 106 anos antes, exactamente no mesmo dia que nós, esteve neste local em peregrinação.

 

Em diversos pontos a história de Lourdes assemelha-se à de Fátima. Também, segundo reza a lenda, Nossa Senhora apareceu à jovem Bernadette enquanto esta andava em busca de lenha com as primas. No entanto, enquanto em Fátima, Nossa Senhora surgiu junto a uma azinheira, em Lourdes apareceu numa gruta, actualmente local de fervorosa romaria. E é compreensivo. Realmente aquele local tem uma "energia" "especial".

 

Lourdes como cidade é simpática, ainda que sofra do excesso de comércio religioso tão característico destas cidades que assentam sobre  um fenómeno desta natureza. Ainda assim consegue atrair, talvez pelo charme que a nacionalidade lhe confere ou pela envolvência dos Pirenéus, sobranceiros.

chapado por O homem das obras às 22:09
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De soprosdemar a 27 de Novembro de 2009 às 14:52
Cette voiture est belleeeeeeeeeeeeeeeee :)
De O homem das obras a 27 de Novembro de 2009 às 15:45
É, não é? E muito confortável e económico...
De mbb a 1 de Dezembro de 2009 às 11:47
Também eu estive em Lourdes há cerca de 15 anos atrás e quando vi este post , lembrei-me desta pérola... A dada altura em pleno santuário tive necessidade de ir ao wc . Tudo estava normal até eu começar a urinar e reparar no que estava ao lado do urinol; uma caixa de esmolas...........
De O homem das obras a 1 de Dezembro de 2009 às 20:28
Mas é um local extraordinário, não é? Suponho que em quinze anos tenha sofrido alguns melhoramentos. Há lá alguns edifícios bem recentes. E a catedral nova? Já existia à 15 anos?

Comentar post

.O Homem das Obras
.pesquisar
 
.Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.subscrever feeds
.Onde vou chapar massa
Nos intas
Sopros de Mar
O pequeno grande viking
Pensamento Aberto
Sem Fru-Frus nem Gaitinhas
Kulcinskaia
Por cá...
Diário de uma dona de casa à beira de um colapso...
Ver para Crer!
Pronúncia do Norte