.ultimas baldadas

. Cortes na função pública

. Já cheira a Natal!

. Eleições legislativas - R...

. Experiência em BTT II

. Experiência em BTT

. Nós e o mar

. Orgulho em ser Português?...

. Pontes e a economia

. Divida nas finanças?!? Ah...

. E mais 18.000.000 que vão...

.baldes antigos

. Dezembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

.tags

. 2009

. 2010

. acordo ortográfico

. actualidade

. açúcar

. algarve

. alunos

. aniversario

. ano novo

. arcachon

. arquitectos

. arvore

. automoveis

. avatar

. bacalhau

. bancos

. beleza

. bicicleta

. blog

. brisa

. brisingr

. btt

. burgos

. cabos

. calças de ganga

. cão

. caricato

. carinhos

. carnaval

. casa

. cavaco silva

. cerveja

. cheiro

. chuva

. cinema

. combustiveis

. comida

. condução

. cortes salariais

. cozinha

. crise

. crueldade

. cultura

. decisão

. destaque

. dieta

. doutores

. economia

. edp

. educação

. ego

. elixir bucal

. engenharia

. enqudramente

. ensino

. escola

. europa

. europeias

. familia

. feira do livro

. férias

. festas

. filme

. final feliz

. foto

. funcionarios publicos

. furadouro

. gadjet

. galp

. global

. greve

. halloween

. ice age

. impostos

. indignação

. informatica

. inicio

. leituras

. lourdes

. manifestação

. natal

. neve

. noruega

. obras

. omoleta

. orgulho

. país

. patriotismo

. politica

. portugal

. presente

. professores

. re-inicio

. salário

. salario minimo

. sociedade

. sortudo

. telemovel

. varicela

. verão

. todas as tags

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2008
Com isto é que o Sr. Mário Nogueira se devia preocupar

A cegueira dos dirigentes sindicais dos professores é tanta que os impede de ver o que realmente prejudica o processo de educação e a carreira dos professores...

 

Coisas destas nunca deviam acontecer.

 

«« Uma professora da Escola EB 2,3 de Jovim, Gondomar, foi esta sexta-feira agredida a murro, estalada e pontapé por um aluno de 16 anos, tendo recebido tratamento hospitalar.

A agressão terá ocorrido em retaliação por a professora o ter levado à presença do Conselho Executivo, por alegado comportamento incorrecto.

Segundo a agência Lusa, a professor sofreu lesões numa perna e num olho e foi assistida no Hospital de São João, no Porto.

Em declarações à televisão regional Porto Canal, a docente, que exerce há 28 anos, contou que chamou a atenção do aluno quando este se encontrava no perímetro escolar a proferir palavrões."Chamei-o à atenção e ele insultou-me. A partir daí, disse que teria que ir comigo ao Conselho Executivo (CE). Ele resistiu e acabou por ir, enquanto eu fui dar a minha aula", afirmou.

"Finda a aula, e ao passar junto à porta de acesso à sala do CE, ele viu-me, começou a correr para mim desenfreado e agrediu-me com murros, estalos e pontapés, além de partir os óculos", acrescentou. »»

 

In http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Nacional/Interior.aspx?content_id=1051516

sinto-me: Muito triste
chapado por O homem das obras às 21:37
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De Alvaro Faustino a 2 de Dezembro de 2008 às 19:08
Cá para mim isso aconteceu devido á avaliação dos professores...
De maria mendonça a 3 de Dezembro de 2008 às 14:56
Infelizmente, conheço bem este tipo de alunos. Trabalho com eles, as famosas turmas CEF . Se por um lado alguns aprendem bastante e evoluem, outras nem por isso. Basta existir na turma um grupo que tenta boicotar de todas as formas o trabalho do professor e dos outros alunos. A violência é a única forma que conhecem de comunicar e é necessário estar sempre de olho neles, pois facilmente entram em conflito (até entre eles) e partem para o murro e pontapé. São aulas de grande stress!
Mas para o Ministério, são mais um número, querem é ter muita gente qualificada e certificada, não interessa como. Apesar de no futuro serem mais uns parasitas da sociedade.
De LDiogo a 3 de Dezembro de 2008 às 23:26
bem, isto não aconteceu por causa da avaliação dos professores, acho que não é por aí.....aconteceu porque este governo não sabe o que quer, aconteceu porque este governo só se interessa por números e acontece porque muita gente ainda tem palas... agora os sindicatos é que são responsáveis pela segurança dos professores???? este problema à muito que é falado, tirem as palas e lavem as orelhinhas............
De Jo a 5 de Dezembro de 2008 às 14:49
Epa... eu sou de la... e estudei la até ao secundario, e sei que aquela zona é problematica.. se bem que ultimamente qualquer zona é problematica, qualquer motivo é motivo, tudo serve para desencadear agressao seja vinda de quem for e contra quem for... Lamentavel, triste, vergonhoso...

Parabéns pelo destaque!
De jb a 5 de Dezembro de 2008 às 15:18
A professora depois da agressão não teria disponibilidade de o fazer, mas que tal os responsáveis da direção de escola chamarem a PSP para levarem o energúmeno e paralelamente contactarem o tribunal de menores e a assistência social, de modo a que os paizinhos fossem chamados logo de seguida para tomarem conhecimento do assunto que devidamente registado por aquelas autoridades lhe dariam a sequência correcta.
Entretanto o "selvagem" ficaria suspenso das aulas até que concluído o processo disciplinarinstaurado ou pel escola uou pela pela direção de educação competente.
Podem dizer-me onde falhei ? Se calhar sou ingénuo !
De Miss M a 5 de Dezembro de 2008 às 16:16
A verdade é que muitas vezes os alunos apenas repetem aquilo que veêm em casa. Os miudos que têm atitudes dessas devem vê-las todos os dias a ser tomadas pelos pais, daí não servir de nada chamar os pais à escola e, muito menos, deixá-lo suspenso. Isso era o que ele queriam.
Deviam era arranjar formas de os castigar de modo a que compreendam que não é assim que se deve agir. E que a solução para os problemas não passa pela violência.
Mas isso é demasiado complicado...
De Ana Maria a 5 de Dezembro de 2008 às 16:26
Se calhar uma das razões de manifesto é também a falta de poder, tirado aos professores, para lidarem com a indisciplina. Se calhar porque noutros tempos, os professores eram demasiado violentos. Se calhar porque não tinham formação específica para leccionar. Se calhar o que temos hoje é, nada mais nada menos, que o fruto de falta de educação. Um problema de base, estrutural e transversal a toda a Sociedade. Se calhar é por isso que os professores querem "voltar" a ser professores, educadores...
Se calhar para voltarmos a ser sociedade. Deixo um link sugestivo... para reflectir...

http://br.youtube.com/watch?v=7ZscS775ek8

Comentar post

.O Homem das Obras
.pesquisar
 
.Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.subscrever feeds
.Onde vou chapar massa
Nos intas
Sopros de Mar
O pequeno grande viking
Pensamento Aberto
Sem Fru-Frus nem Gaitinhas
Kulcinskaia
Por cá...
Diário de uma dona de casa à beira de um colapso...
Ver para Crer!
Pronúncia do Norte