.ultimas baldadas

. Cortes na função pública

. Já cheira a Natal!

. Eleições legislativas - R...

. Experiência em BTT II

. Experiência em BTT

. Nós e o mar

. Orgulho em ser Português?...

. Pontes e a economia

. Divida nas finanças?!? Ah...

. E mais 18.000.000 que vão...

.baldes antigos

. Dezembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

.tags

. 2009

. 2010

. acordo ortográfico

. actualidade

. açúcar

. algarve

. alunos

. aniversario

. ano novo

. arcachon

. arquitectos

. arvore

. automoveis

. avatar

. bacalhau

. bancos

. beleza

. bicicleta

. blog

. brisa

. brisingr

. btt

. burgos

. cabos

. calças de ganga

. cão

. caricato

. carinhos

. carnaval

. casa

. cavaco silva

. cerveja

. cheiro

. chuva

. cinema

. combustiveis

. comida

. condução

. cortes salariais

. cozinha

. crise

. crueldade

. cultura

. decisão

. destaque

. dieta

. doutores

. economia

. edp

. educação

. ego

. elixir bucal

. engenharia

. enqudramente

. ensino

. escola

. europa

. europeias

. familia

. feira do livro

. férias

. festas

. filme

. final feliz

. foto

. funcionarios publicos

. furadouro

. gadjet

. galp

. global

. greve

. halloween

. ice age

. impostos

. indignação

. informatica

. inicio

. leituras

. lourdes

. manifestação

. natal

. neve

. noruega

. obras

. omoleta

. orgulho

. país

. patriotismo

. politica

. portugal

. presente

. professores

. re-inicio

. salário

. salario minimo

. sociedade

. sortudo

. telemovel

. varicela

. verão

. todas as tags

Domingo, 8 de Março de 2009
(Micro) Férias de Carnaval #1

Isto uma pessoa não se pode ausentar um dia do "pica boi" que deixa logo de ter um pouquinho de tempo para colocar aqui no blog a descrição das (micro) férias de Carnaval...

Com algum atraso, aqui fica como prometido! Então, partimos para o Algarve já quase meio-dia de sábado, pois a "Mais Que Tudo" ainda trabalhou de manhã. Sempre numa cadência económica, e guiados pelo fiel Ndrive instalado no PDA, chegamos por fim ao almejado destino, o parque de campismo da Ingrina, do qual a "Mais Que Tudo" tinha lido boas "reviews" na internet. Primeira surpresa, e desagradável! O parque estava abandonado... Sim, abandonado, tipo cidade fantasma, apesar de constar nos POI do GPS e no Guia de Campismo. Voltámos atrás e fomos para o parque de campismo da Turiscampo, na Vila da Luz. Ao contrário do que seria, pelo menos para mim, expectável, o parque estava cheio... de ingleses! Lá conseguimos encontrar um cantinho (após duas voltas ao parque) e instalámos a nossa super "Quechua 2 seconds".
Apesar de prevenidos, tinha algum receio do frio que pudesse estar durante a noite, mas os sacos camas portaram-se a 100%, revelando-se mais do que capazes para aventuras nesta altura do ano!

No segundo dia, primeiro verdadeiramente de férias, começamos por visitar a Vila da Luz, lugar malogrado por motivos sobejamente conhecidos. Na realidade, esta colorida vila, faz jus ao nome. O generoso sol inunda de luz todo o casario de cores claras. Descendo em direcção ao mar encontramos uma pequena praia, protegida ao fundo por uma enorme arriba multicolor. Sinceramente, e apesar de estarmos em Fevereiro, não pude deixar de ficar surpreendido com o pitoresco da cena e com o sossego, algo que pensava já não existir no Algarve, apenas levemente manchado pela proliferação de inscrições em inglês nos estabelecimentos comerciais, fazendo-nos até duvidar se estamos realmente em Portugal.
Saindo de Vila da Luz em direcção a Oeste, fomos almoçar a Burgau. Esta é uma aldeia de pescadores pendurada na encosta, muitíssimo sossegada e com um pedacinho de praia bem simpática!
Seguindo caminho, sempre em direcção a oeste, visitamos o forte de Almádena e as praias de Cabanas Velhas, Boca do Rio e Salema. Se as duas primeiras são pequeníssimas baias de pedras roladas, a última tem uma boa extensão de areia, e talvez por isso, é um local mais próximo daquilo que é o Algarve actual, com muitas habitações descaracterizadas e até alguns prédios. No entanto, e apesar da pressão urbanística, Salema mantém ainda algum carácter talvez devido aos pescadores que ai têm a sua base. Como já tínhamos saudades de enfiar os pés na areia acabamos por percorrer todo o areal e aproveitar para jogar a uma espécie de pelota com calhaus rolados.
Como o fim do dia se aproximava seguimos para a praia da Figueira. Sem ter nada a ver, esta praia fez me lembrar aquela que talvez será a minha praia favorita no Algarve, a praia do Barril, na ilha de Tavira. Quem conhece esta praia decerto que se lembrará do belo esticão que temos que dar para lá chegar. Esta praia, da Figueira, é igual, mas sem o comboio para os preguiçosos! Ainda são uns belos 15 minutos de caminhada por entre campos até à praia, mas compensa. 
Logo de seguida uma praia surpresa, pois não vem assinalada nos guias. A praia das Furnas. O caminho para a praia obriga a algum fora de estrada, ligeiro para o nosso bolinhas, mas talvez não tanto para o Volkswagen Scirocco que nos procedeu. Esta praia tem umas pequenas grutas bem românticas, enaltecidas pela cor do sol que entretanto se começava a pôr. 
Já sem sol ainda visitamos a praia do Zavial e terminamos o primeiro dia de exploração na belíssima praia da Ingrina, sentados na esplanada com um “pneu”. Pneu, como a “Mais Que Tudo” teve que explicar ao funcionário é águas das pedras com uma rodela de limão e açúcar…
Rumamos em direcção ao parque de campismo onde jantamos umas “noodles”, bem razoáveis para o trabalho que (não) deram a fazer, à luz da lanterna e sob o relento que já se começava a sentir. Acabamos o dia com uma visita nocturna à Vila da Luz.

Bem… Como o texto já está muito extenso, continuo a descrição no próximo post!
 

chapado por O homem das obras às 21:12
link do post | comentar | favorito
.O Homem das Obras
.pesquisar
 
.Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.subscrever feeds
.Onde vou chapar massa
Nos intas
Sopros de Mar
O pequeno grande viking
Pensamento Aberto
Sem Fru-Frus nem Gaitinhas
Kulcinskaia
Por cá...
Diário de uma dona de casa à beira de um colapso...
Ver para Crer!
Pronúncia do Norte