.ultimas baldadas

. Deixem-los brincar!!!

. Estava aqui a pensar...

. Ainda o Sr. Mário Nogueir...

. Ainda o Magalhães...

.baldes antigos

. Dezembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

.tags

. 2009

. 2010

. acordo ortográfico

. actualidade

. açúcar

. algarve

. alunos

. aniversario

. ano novo

. arcachon

. arquitectos

. arvore

. automoveis

. avatar

. bacalhau

. bancos

. beleza

. bicicleta

. blog

. brisa

. brisingr

. btt

. burgos

. cabos

. calças de ganga

. cão

. caricato

. carinhos

. carnaval

. casa

. cavaco silva

. cerveja

. cheiro

. chuva

. cinema

. combustiveis

. comida

. condução

. cortes salariais

. cozinha

. crise

. crueldade

. cultura

. decisão

. destaque

. dieta

. doutores

. economia

. edp

. educação

. ego

. elixir bucal

. engenharia

. enqudramente

. ensino

. escola

. europa

. europeias

. familia

. feira do livro

. férias

. festas

. filme

. final feliz

. foto

. funcionarios publicos

. furadouro

. gadjet

. galp

. global

. greve

. halloween

. ice age

. impostos

. indignação

. informatica

. inicio

. leituras

. lourdes

. manifestação

. natal

. neve

. noruega

. obras

. omoleta

. orgulho

. país

. patriotismo

. politica

. portugal

. presente

. professores

. re-inicio

. salário

. salario minimo

. sociedade

. sortudo

. telemovel

. varicela

. verão

. todas as tags

Sexta-feira, 6 de Fevereiro de 2009
Deixem-los brincar!!!

Aqui há dias o tema do fórum da TSF versava sobre um pedido que a coligação de associação de pais do Porto fez para que os estabelecimentos de ensino primário passem a funcionar em horário alargado, das 8:00 às 19:00. Este pedido não deixa de gerar em mim um sentimento ambíguo!

 

Por um lado compreendo que para os pais esse horário alargado seja muito conveniente. Os pais que recorrem a uma entidade externa para gerir os tempos livres dos filhos, vulgo ATL, poupam desde logo uns euros ao fim do mês com a mensalidade do respectivo ATL e os filhos deixam de fazer os "transbordos" diários ATL-escola/escola-ATL. Os outros pais, os que têm a sorte de poder ir buscar os filhos à escola, ou têm alguém que possa fazer isso por eles, passariam a ter uma maior flexibilidade de horários.

 

No entanto, não posso deixar de recordar que quando eu era miúdo passava grande parte do meu tempo livre a brincar, ou na ama ou na rua, com os outros miúdos da vizinhança. Tendo bem presente na memória esses belos tempos, aceito de bom grado a ideia de que aqueles foram muito importantes na minha formação enquanto indivíduo. Os tempos de brincadeira não são só momentos de lazer. A criança desenvolve capacidades e aprende a sociabilizar.


Mais, de ano para ano aumenta a prevalência de obesidade nas crianças. Privando-as dos poucos momentos de brincadeira que estas ainda têm, obrigando-as a permanecer sentadas numa sala de aula durante todo o dia, decerto que aquele problema se agravará.

 

Outra questão que me apoquenta! Não estaremos a depositar na escola um papel intrínseco aos pais e à família? As crianças, ao passar 11 horas por dia na escola, passarão a ser educadas principalmente pelos professores e restantes agentes educativos. No meu entender, estes devem dar formação, tendo um papel importante, mas não primordial, na educação da criança. Com esta medida não estarão os pais a desresponsabilizar-se de uma tarefa que é sua por direito, mas acima de tudo, por dever?

 

Por último, esta medida obrigaria à contratação de mais pessoal auxiliar, o que, nos tempos de crise que atravessamos, até seria benéfico. Mas será que essas contratações compensariam os empregos que se perderão com o encerramento da maioria dos ATL?

 

Eu não sou pai, ainda! Espero que dentro em breve me torne, mas sinceramente, não sei se quero que os meus filhos passem 11 horas por dia na escola. As crianças têm direito a ser crianças, a brincar, esfolar os joelhos e a fazer asneiras.

música: Pink Floyd - Another brick in the wall
chapado por O homem das obras às 20:09
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Sexta-feira, 5 de Dezembro de 2008
Estava aqui a pensar...

Isto de ter sido destacado nesta altura, com a convulsão dos professores e todas as críticas que tenho feito a propósito, não abonará nada na imagem que os ditos ficarão sobre mim...

 

Vamos lá então esclarecer umas coisitas:

  1. pessoalmente não tenho nada contra professores, senão não teria casado com uma (também quando casei ainda não sabia que ela ia enveredar por essa via );
  2. tenho a maior consideração pela classe profissional, pelas suas herculeas tarefas de ensinar o nosso futuro e de muitas vezes, ter que dar educação às crianças, substituindo-se à familia, num papel que não devia ser seu;
  3. como já disse anteriormente, devo a um professor o incentivo para seguir  esta profissão que tanto adoro;
  4. ... pronto... admito que não gosto lá muito de sindicalistas profissionais como o sr. Mário Nogueira e outros que tais, nem da forma como conduzem as massas trabalhadoras como ovelhas, ao sabor dos seus interesses pessoais, e pior, não raras vezes, com motivações politicas ocultas;
  5. e acho que é tudo...

 

Perdoem-me pois os professores pelas palavras menos boas que tenho escrito...

Mas ainda assim, mantenho a minha ideia de que, neste momento, existem problemas muito mais graves na educação do que propriamente a vossa avaliação...

chapado por O homem das obras às 16:02
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
Quarta-feira, 3 de Dezembro de 2008
Ainda o Sr. Mário Nogueira

« O Secretário-Geral da Fenprof recusa a acusação de se negarem a negociar. “Queremos uma negociação aberta, não queremos é estar sujeitos à negociação do Governo”, disse Mário Nogueira, em declarações à SIC notícias. »

 

Engraçado... Que eu me lembre foi esse senhor que abandonou uma reunião com o Ministério da Educação ao fim de 15 minutos, apenas por estes terem garantido que, no corrente ano lectivo, não desistiam da avaliação... É tramado!

 

Ó sr. Mário Nogueira! Vá dar umas aulitas, isto se ainda sabe o que isso é...

sinto-me: Aborrecido
chapado por O homem das obras às 16:43
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Ainda o Magalhães...

 O Ministério da Educação está, finalmente, a fornecer apoios para orientar os pais no processo de acompanhamento dos seus filhos enquanto utilizadores do computador do e-escolinhas... Pode ser que finalmente acabem as criticas a um programa que, tenho que reconhecer, tem as suas virtudes ao democratizar algo tão essencial quanto a informática, ainda que no meio disto tudo os políticos tenham conseguido distorcer essas vantagens...

 

Para os interessados aqui fica o link...

sinto-me: Geladinho
chapado por O homem das obras às 16:24
link do post | comentar | favorito
.O Homem das Obras
.pesquisar
 
.Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.subscrever feeds
.Onde vou chapar massa
Nos intas
Sopros de Mar
O pequeno grande viking
Pensamento Aberto
Sem Fru-Frus nem Gaitinhas
Kulcinskaia
Por cá...
Diário de uma dona de casa à beira de um colapso...
Ver para Crer!
Pronúncia do Norte